• TALISSA HELLEN

FIZ CIRURGIA BARIÁTRICA! E AGORA?



Um dos maiores desafios enfrentados hoje, está relacionado ao peso, a ansiedade, a auto estima, é a compulsão alimentar que pode levar até mesmo aos transtornos alimentares , e também acarretar diversos prejuízos na saúde física e emocional.


Nesse sentido cabe um estudo aprofundado e reflexão sobre esse tema que gera angustia, ansiedade e estresse em uma grande parte da população. Sendo assim vamos compreender um pouco mais sobre a relação que estamos estabelecendo com a comida, e para isso precisamos aprender um pouco mais sobre fome física e fome emocional.


Na verdade existe uma relação de amor e ódio com a comida, onde ocorre a compensação das emoções nos alimentos, nesse sentido faz-se necessário um estudo de conscientização com a população a cerca da fome física e emocional, como identifica-las e diferencia-las, para então conseguir ter uma relação mais saudável com a alimentação buscando saúde e qualidade de vida, e principalmente aceitação da imagem corporal.


LEMBRE-SE:

Com a perda de peso e a conquista de quilos perdidos, a imagem muda. Mas não se deve enganar, é preciso manter-se no tratamento. Controlando para que não ocorra a perda elevada de sais minerais, vitaminas, deficiência de ferro. Mantendo a imunidade em dia!!


Uma vez que o sobre peso e a não aceitação da imagem corporal traz inúmeros prejuízos emocionais, estudar e modificar os comportamentos alimentares faz-se necessário nesse contexto.

Mantenham -se próximos ao seus médicos. Com a situação atual, temos a opção da telemedicina. Neste período é fundamental tentar manter as atividades físicas e o controle da ansiedade.


CONCLUÍMOS INICIALMENTE QUE:

Neste momento, alguns objetivos ficarão em espera, mas não esquecidos! Alguns pacientes aguardam a cirurgia reparadora pós-bariátrica que no momento foram suspensas devido a pandemia.

Em um curto período, os processos com pedidos de autorização para a conquista da cirurgia, estão com os prazos suspensos (os que não comprovem urgência) mas NÃO PARADOS. Continuemos trabalhando todos juntos, para que os objetivos sejam alcançados.


Continua...

Não perca seus direitos por falta de informação. Em caso de dúvidas fale com um profissional de sua confiança. Clique na imagem abaixo e conheça mais do meu trabalho e meu perfil no Linkedin:


©2019 por Alessandro Caldonazo. Direitos Reservados.